Ir para o conteúdo

Prefeitura de Sarutaiá - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Sarutaiá - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
03
03 ABR 2024
Caminhada Contra a Dengue em Sarutaiá: Educação e Saúde Unidas na Prevenção
enviar para um amigo
receba notícias
Na terça-feira dia 2 de abril, a cidade de Sarutaiá realizou uma mobilização significativa em prol da prevenção da dengue. A caminhada de conscientização envolveu alunos e alunas do ensino fundamental, bem como membros do Grupo de Esportes e de Caminhada, agentes comunitários da saúde, Vigilância Sanitária e o Setor de Endemias.
Com cartazes nas mãos e um carro de som, os participantes alertaram sobre os riscos da doença e promoveram medidas preventivas. A iniciativa, idealizada em conjunto entre os setores de endemias e educação, demonstrou a importância da união de esforços para proteger a comunidade.
O agente de endemias, Diones Ribeiro, compartilhou informações valiosas sobre as ações realizadas na cidade. “Foram feitas mais de cinco mil visitas nos imóveis, o que corresponde a quatro ciclos de visita. Com 1632 casas no município, a meta estadual de quatro ciclos de 80% foi alcançada com sucesso. Além disso, a nebulização nos quarteirões, especialmente onde houve casos positivos, ocorreu inclusive nos finais de semana e feriados”, explica Diones.
A diretora da Saúde, Nani Matos, enfatizou a importância da conscientização contínua. “A dengue é uma ameaça real, e nossa comunidade precisa estar informada e engajada na prevenção. Esta iniciativa visa realmente fazer o alerta para população da necessidade de cada um fazer sua parte, para evitar lixos e a exposição de objetos que possam acumular água parada”, afirmou.
Já a diretora da Educação, Keli Machado, ressaltou a relevância da educação para combater a dengue. “Ao envolver nossos alunos e alunas, professores nessa causa é fundamental, pois as crianças são os propagadores das ações de combate, inclusive em suas casas, para levar estas informações aos pais. Além disso, os professores trabalharam na confecção de cartazes e matérias na sala de aula sobre a dengue e os seus riscos para saúde humana”, conclui Keli.
De acordo com o Departamento da Saúde foram registrados cerca de 80 casos de dengue no município neste ano de 2024.
 
Fonte: COMUNIC
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia