Ir para o conteúdo

Prefeitura de Sarutaiá - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Sarutaiá - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Legislação
ARRASTE PARA VER MAIS
LEGISLAÇÃO
Atos relacionados
INTERAÇÃO
Anotação
Marcação
BUSCA
Expressão
Artigo
EXPORTAÇÃO
Código QR
Baixar
Compartilhar
COLABORE
Reportar Erro
QRCode
Acesse na íntegra
LEI ORDINÁRIA Nº 1124, 21 DE JUNHO DE 2013
Assunto(s): Impostos
Em vigor

INSTITUI O “IPTU ECOLÓGICO” DESCONTO NO IMPOSTO PREDIAL TERRITORIAL URBANO (IPTU) ÁS HABITAÇÕES SUSTENTAVEIS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS

Irineu Garcia de Oliveira,Prefeito Municipal de Sarutaiá, Estado de São Paulo, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte lei:

Art 1º Fica instituído no âmbito do município de Sarutaiá, o Programa IPTU Ecológico, com objetivo de fomentar medidas que preservem, protejam e recuperem o meio ambiente, ofertando em . contrapartida beneficio tributário ao contribuinte.

Art 2º Será concedido beneficio tributário, consistente em reduzir o imposto predial e Territorial Urbano (IPIU), aos imóveis residências e comerciais que adotem medidas que estimulem a proteção, preservação e recuperação do meio ambiente (habitação sustentável).

Art 3ºO imóvel, residencial ou comercial, para ser considerado como habitação sustentável deverá ter a adoção das seguintes medidas;
a) Sistema de capacitação da água da chuva;
b) Sistema de reuso de água;
c) Sistema de aquecimento hidráulico solar;
d) Sistema de aquecimento elétrico solar;
e) Construções com material sustentável, em caso da utilização de matéria esta devera ter sua origem comprovada;
f) Calçadas verdes:
g) Plantadas espécies arbóreas nativas com mínimo 2 metros de altura e diâmetro do caule a um metro e trinta do solo (DAP) de no mínimo 5cm (cinco centímetros).

Art 4ºPara efeitos desta Lei considera-se:
I - Sistema de captação da água da chuva: sistema que capta água pluvial e armazena em reservatório para utilização do próprio imóvel;
II - Sistema de reuso de água: utilização, após o devido tratamento, das águas residuais proveniente do próprio imóvel, para atividades quê não exijam que a mesma seja potável;
III - Sistema de aquecimento hidráulico solar: utilização de sistema de captação de energia solar térmica para aquecimento da água, com a finalidade de reduzir parcialmente, o consumo de energia elétrica na residência;
IV - Sistema de aquecimento elétrico solar: utilização de captação de energia solar térmica para reduzir parcial ou integralmente o consumo de energia elétrica da residência, integrado com o aquecimento da água;
V - Construção com material sustentável: utilização de matérias que atenuem os impactos ambientais desde que esta característica sustentável seja comprovada mediante apresentação de selo ou certificado;
VI - Calçadas verdes: são calçadas dotadas de áreas permeáveis.

Art 5ºA titulo de incentivo será concedido o desconto de 3% no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) aos imóveis, que adotarem pelo menos uma das medidas previstas no art.3º caput.
Parágrafo Único – O desconto máximo concedido a cada imóvel poderá chegar até 21% sobre o total do valor do IPTU, sendo que cada item do artigo 3º representa 3% (três por cento) do desconto.

Art 6º o interessado em obter o benefício tributário deve protocolar o pedido devidamente justificado, até data de 30 de agosto do ano anterior em que deseja o desconto tributário, no Departamento de Agricultura e Meio Ambiente, expondo o item de sustentabilidade que aplicou em sua edificação ou terreno, e solicitando vistoria técnica específica.
Parágrafo 1º- O Departamento de Agricultura e Meio Ambiente através de seu responsável técnico conjuntamente com o engenheiro da Prefeitura, deverão realizarem vistoria técnica para construção dos itens de sustentabilidade implantadas no imóvel emitindo posteriormente laudo técnico comprobatório, o qual será encaminhado ao setor de Lançadoria, para concessão dos benefícios.
Parágrafo 2º- Para obter o incentivo fiscal, o contribuinte deverá estar em dia com suas obrigações tributárias municipais.

Art 7ºA renovação do pedido de beneficio tributário devera ser feita a cada dois anos, mediante requerimento que trata o artigo 6º caput e após vistoria dos técnicos e da fiscalização do parágrafo 1º do mesmo artigo.

Art 8º O benefício será extinto quando:
I - o proprietário do imóvel inutilizar a medida que levou á concessão do desconto;
II - o interessado não fornecer as informações solicitadas.

Art 9ºA presente Lei atende à compensação exigida pelo disposto no art. 14, da Lei Complementar 101/2000 (Lei Responsabilidade fiscal).

Art 10As despesas com a execução da presente Lei correrão por conta das verbas próprias consignadas no orçamento.

Art 11Esta Lei entra em vigor em 1º de janeiro de 2014, seguindo o princípio constitucional da anualidade.

Sarutaiá, 21 de junho de 2013.

______________________________________
IRINEU GARCIA DE OLIVEIRA
PREFEITO MUNICIPAL

* Nota: O conteúdo disponibilizado é meramente informativo não substituindo o original publicado em Diário Oficial.
Atos relacionados por assunto
c
Ato Ementa Data
AUTOGRAFOS Nº 40, 18 DE DEZEMBRO DE 2008 “Dispõe sobre o Imposto sobre Transmissão de Bens Inter-vivos-ITBI.” 18/12/2008
AUTOGRAFOS Nº 39, 18 DE DEZEMBRO DE 2008 “Dispõe sobre o Imposto Sobre serviço de Qualquer Natureza ISSQN” 18/12/2008
LEI COMPLEMENTAR Nº 18, 04 DE DEZEMBRO DE 2006  "Dispõe sobre o Imposto Sobre Transmissão de Bens Inter-Vivos - ITBI” 04/12/2006
LEI ORDINÁRIA Nº 721, 15 DE AGOSTO DE 2001 “Prorroga a 1a Parcela de IPTU (lmposto Predial Territorial Urbano) do município de Sarutaiá e dá outras providências.” 15/08/2001
LEI ORDINÁRIA Nº 505, 22 DE DEZEMBRO DE 1995 "Dispõe sobre a planta genérica de valores para efeito de lançamento dos impostos sobre a propriedade Predial e territorial urbana para o exercício de 1996" 22/12/1995
Minha Anotação
×
LEI ORDINÁRIA Nº 1124, 21 DE JUNHO DE 2013
Código QR
LEI ORDINÁRIA Nº 1124, 21 DE JUNHO DE 2013
Reportar erro
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia