Ir para o conteúdo

Prefeitura de Sarutaiá - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Legislação
ARRASTE PARA VER MAIS
LEGISLAÇÃO
Atos relacionados
INTERAÇÃO
Anotação
Marcação
BUSCA
Expressão
Artigo
EXPORTAÇÃO
Código QR
Baixar
Compartilhar
COLABORE
Reportar Erro
QRCode
Acesse na íntegra
LEI ORDINÁRIA Nº 1112, 26 DE MARÇO DE 2013
Assunto(s): Escolas Municipais
Em vigor

Institui e estabelece a campanha anti-bullying nas escolas públicas e privadas do Estado de São Paulo

Irineu Garcia de Oliveira,Prefeito Municipal de Sarutaiá, Estado de São Paulo, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte lei.

Art 1ºA campanha anti-bullying deverá ser estabelecida durante o ano letivo no ensino Fundamental Municipal.

Art 2º A campanha tem por objetivo prevenir e combater a prática de bullying na escola; Esclarecer aspectos legais e éticos que envolvem o bullying; desenvolver através das atividades educacionais e informativas a conscientização de suas causas e conseqüências.

Art 3ºCompreende-se bullying como sendo o comportamento violento agressivo quer seja físico ou psicológico, com intenções repetitivas sem motivação aparente praticada por pessoa ou indivíduo contra uma ou mais pessoas com a finalidade de agredir, intimidar ou oprimir, causando danos físicos ou psicológicos temporários ou permanentes.
Parágrafo único: A agressão física ou psicológica pode ser caracterizada em atos de intimidação, humilhação e discriminação, entre os quais:
1- insultos pessoais
2- comentários pejorativos
3- ataques físicos
4- grafitagens depreciativa
5- expressões ameaçadoras e preconceituosas
6- isolamento social
7- ameaças
8- pilhérias

Art 4ºConforme as ações praticadas três são os tipos de bullying:
I- sexual: assediar, induzir e/ou abusar
II- exclusão social: ignorar, isolar e excluir
III- psicológica: perseguir amedrontar, aterrorizar, intimidar, dominar, infernizar, tiranizar, chantagear e manipular.

Art 5º A implementação do programa deverá ter direção do docente da Escola Municipal com participação de alunos, pais e voluntários na promoção das atividades durante a campanha.
Parágrafo único: Para a consecução das atividades cabe a organização utilizar todos os meios de comunicação e informação para alcançar o objetivo da campanha.

Art 6ºEsta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Sarutaiá, 26 de Março de 2013

__________________________________________
IRINEU GARCIA DE OLIVEIRA
PREFEITO MUNICIPAL

* Nota: O conteúdo disponibilizado é meramente informativo não substituindo o original publicado em Diário Oficial.
Atos relacionados por assunto
c
Ato Ementa Data
LEI ORDINÁRIA Nº 1246, 18 DE SETEMBRO DE 2017 "Dispõe sobre a instituição do Projeto "Aluno Destaque" no âmbito das Unidades Escolares Municipais, e dá outras providências." 18/09/2017
LEI ORDINÁRIA Nº 1027, 18 DE MAIO DE 2010 "Proíbe o uso de pulseiras coloridas nas Escolas Públicas do nosso Município de Sarutaiá." 18/05/2010
LEI ORDINÁRIA Nº 966, 16 DE JUNHO DE 2009 “Autoriza o Poder Executivo celebrar Convênio com o Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria Educação, objetivando aplicação do Saresp nas Escolas Municipais. 16/06/2009
LEI ORDINÁRIA Nº 592, 17 DE NOVEMBRO DE 1997 "Dispõe sobre a criação de Escolas Municipais de Ensino Fundamental e Suplência I" 17/11/1997
LEI ORDINÁRIA Nº 574, 10 DE JUNHO DE 1997 Cria o Conselho Municipal de Alimentação Escolar do Município de Sarutaiá e dá outras providências”. 10/06/1997
Minha Anotação
×
LEI ORDINÁRIA Nº 1112, 26 DE MARÇO DE 2013
Código QR
LEI ORDINÁRIA Nº 1112, 26 DE MARÇO DE 2013
Reportar erro
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia